Velho Falcão já tinha mais de oitenta anos.
Nunca havia viajado a uma distância maior que seiscentos quilômetros do local onde nascera.
Mas isso tinha pouca importância porque, como Velho Falcão bem sabia, a própria vida era sua maior viagem.

Velho Falcão sabia que as estradas trilhadas nesta vida transmitiam lições que, em termos de experiência, em termos emocionais e espirituais, eram muito mais grandiosas do que o número de encostas escaladas ou de fronteiras cruzadas.

Elas eram maiores do que as curvas percorridas ou os horizontes que esperam adiante.
Ele sabia que as lições mais importantes e duradouras vêm das estradas difíceis, aquelas que têm muitos desvios, que são estreitas e escuras, cheias de desafios e obstáculos.

As estradas que são fáceis de ser percorridas não exigem nenhum esforço e, portanto, não trazem nenhum sentido de realização, porque qualquer coisa conseguida com facilidade oferece pouco valor como recompensa.

Keep Going – Joseph M. Marshall III