O termo “Tenda do Suor” é usado há muito tempo e não chega a expressar realmente o propósito dessa cerimônia. O propósito é purificar o corpo, a mente e o espírito, de forma que um novo sentido de Ser possa estar presente em nosso caminho. Você realmente começa a suar ao entrar na tenda, mas este não é o motivo principal pelo qual você participa da cerimônia.

Através dos séculos o povo Americano Nativo sempre compreendeu o propósito da purificação. O espírito pode ficar um pouco ” enferrujado” ao longo do tempo, sempre que as experiências da vida física se tornam descontroladas. A partir do início do Quarto Mundo que representa o Mundo da Separação, há cerca de sessenta mil anos atrás, a polarização de todas as nações, credos e raças devastou os Filhos da Terra. Fomos ensinados a odiar qualquer um que pareça, aja, ou possua crenças diferentes das nossas. No mínimo, fomos educados para suspeitar dos outros e menosprezar outros costumes e atitudes devido à ameaça que eles representam para o nosso próprio sistema de crenças (não importa de que raça sejamos ou a que culto nos dediquemos). Podemos acreditar em alguma coisa, sabendo que estas crenças podem ser modificadas. Porém, encontrar o verdadeiro conhecimento é bastante diferente; significa possuir um dom que passa a fazer parte de nosso Ser total e a representar uma extensão de nós mesmos, assim como o braço ou as pernas. Nossas crenças, entretanto, podem estar repletas de conceitos distorcidos, ou estar baseadas em opiniões alheias, criando ideias confusas. Nossas ideias podem estar baseadas na crença de que uma coisa está certa só porque alguém disse que está. Como Família da Humanidade, há muito nos esquecemos de que este tipo de comportamento precisa ser modificado. Se nós esquecemos de rezar pelo amor e pela paz nos corações de todas as raças, nações e credos, destruiremos a intenção pura de nossas orações e louvores.

Antes de realização de qualquer ritual ou cerimônia dos Nativos Americanos, todos os participantes devem purificar o corpo, a mente e o espírito. Entrar no espaço cerimonial carregando impurezas equivale a diminuir o potencial do resultado da cerimônia. A purificação pode ser feita com fumaça de sálvia ou de cedro, com uma cerimônia de Tenda do Suor, “emplumação”, ou de muitas outras maneiras. Quando os participantes da cerimônia recusam-se a realizar uma purificação antes de tomar parte do ritual, o espaço ritual fica maculado. Não pode haver interação total entre os participantes se um único deles trouxer consigo ressentimentos, ódio, ciúme, inveja ou alguma outra emoção negativa. Por isso os nossos Ancestrais Nativos criaram rituais para permitir que cada pessoa se livre da “ferrugem” que a impede de brilhar e de contribuir com seus talentos individuais para o bom resultado da cerimônia.

A Tenda do Suor é construída com salgueiro e tem forma circular. O número de salgueiros usados depende do propósito da Tenda. Em nossa tradição Seneca, O salgueiro é a árvore do amor. O salgueiro se curva graciosamente e não se quebra com facilidade. Muitas vezes a porta da Tenda é colocada a Leste para que o espírito e a iluminação da Estrada Azul possam entrar e participar da cerimônia. Outras vezes a porta abra-se para a direção Oeste, permitindo que a energia feminina receptiva e curadora, possa entrar na Tenda. A porta da Tenda da Purificação é bem baixa, para que se tenha que entrar de joelhos. Trata-se de um lembrete para que permaneçamos humildes e possamos compreender que não somos nem maiores e nem menores do que as outras formas de vida.

Costuma-se usar Pessoas de Pedra vulcânicas no buraco da fogueira para que seus corpos não se quebrem nem se estilhacem quando se joga água sobre elas, para liberar o vapor. Estas pessoas de pedra são portadoras dos Registros da Terra e, quando liberam o vapor, vão nos transmitindo suas antigas lições. Quando voltamos a nos ligar com estas antigas mensagens, passamos a ser colaboradores da continuidade da vida em nosso Planeta. À medida que transpiramos, e que nosso suor retorna à Mãe Terra sob a forma de vapor, a Terra passa a se novamente nutrida. E quando, em determinados momentos, a porta da Tenda é aberta, o vapor viaja em direção ao Pai Céu para levar nossas preces de volta ao Grande Mistério.

Algumas cerimônias de purificação começam ou terminam com uma cerimônia do Cachimbo e outras não, dependendo do propósito da cerimônia. A Tenda da Purificação é recoberta com lonas (originalmente com peles de animais) que servem para bloquear a entrada de luz. A Escuridão faz aflorar um sentimento de volta para o ventre da nossa Mãe Terra e nos concede um lugar seguro para nos livrarmos de todas aquelas coisas que já criaram “ferrugem” em nossas vidas. As canções e preces são uma forma de preencher o espírito enquanto se realiza o processo de purificação. Os ciclos de canções e preces que honram as Quatro Direções são em número de quatro. Esses ciclos permitem que os participantes possuam diferentes pontos de vista acerca do propósito se sua purificação. Cada ciclo, ou período, é orientado para diferentes segmentos da Criação e permite que os participantes tornem a reunir-se com Todos os Nossos Parentes através da prece.

“Na fase em que aprendi a fazer meus primeiros cordões de fumo, aprendi também a arte da prece. Esses cordões representam o louvor e a gratidão que enviamos ao Grande Espírito durante a cerimônia. Cada cordão é uma pitadinha de fumo embrulhado dentro de um quadradinho de pano colorido e depois enlaçado em fio de algodão. De cinco em cinco centímetros um laço é dado em volta do saquinho seguinte. Nessa forma cerimonial de confeccionar cordões de oração, nunca prendemos nossas preces com nós, o que obstruiria os resultados. Os laços permitem que nossas preces fluam livremente.

A maioria das Nações usa seis cores para os cordões de fumo, sendo que cada cor possui um significado especial. Cada cordão de oração convida o espírito de sua cor a entrar na tenda e pede as bênçãos desse parente. Amarelo á a Águia, a energia masculina e a iluminação do Leste. Vermelho é a Energia da criança, o Sul, fé confiança, inocência e um ou mais dos animais pertencentes ao Espírito ao Escudo do Sul. Na Tribos do leste é o Porco-espinho, nas Tribos das Planícies, e o Rato ou Coiote. O Preto representa o Oeste, e a energia feminina, o Urso, e o lugar de introspecção e dos objetivos. O cordão de fumo Branco significa o Norte, o Ancião, gratidão e sabedoria. Para as Tribos do Leste significa o Alce, e para as do Oeste o Búfalo. O cordão Azul traz a energia do Pai Céu, a Grande Nação das Estrelas, e todas as coisas que estão no alto. O cordão de prece Verde contém a energia da Mãe Terra, o reino vegetal e todas as coisas verdejantes e viçosas. O ritual envolvido na fabricação dos cordões de fumo varia de acordo com a tradição e o propósito da cerimônia.

Quando nos humilhamos e passamos rastejando pela abertura da Tenda de Purificação, devemos examinar os nossos próprios egos, ainda na entrada. O termo “sacrifício” significava, originalmente, “tornar sagrado”. Assim, abordar cada ato da vida de maneira sagrada tornou-se o modo de vida típico dos Nativos. A forma circular da Tenda de Purificação nos recorda de que não devemos culpar os outros quando vacilam ou falham, mas devemos partilhar gentilmente o amor e o carinho para que o Círculo do Elo Sagrado possa permanecer intacto. O salgueiro é o nosso lembrete do amor purificador, tão necessário para que esse crescimento aconteça.

Aplicação:

A Tenda de Purificação fala da necessidade de purificar algum aspecto da sua vida. Se você prosseguir firmemente no Caminho Sagrado, essa purificação poderá ser realizada de maneira bastante suave e curativa. Este é um momento favorável para livrar-se de pensamentos e atitudes negativas. Se houver pessoas por perto, que o estejam puxando para baixo, impedido o seu progresso, está lhe sendo sugerido que você afaste as barreiras e prossiga em seu Caminho. Você mesmo deve decidir se a purificação mais importante, neste momento, é a do corpo, a da mente, das emoções, das atitudes, ou ainda da sua vida espiritual. A regra básica da Tenda do Suor é o processo de purificação, conduzido de maneira serena e harmoniosa, acaba abrindo espaço para que um novo tipo de energia possa manifestar-se. Assim que toda a “ferrugem” for removida, você poderá usar todo o seu potencial criativo de forma mais brilhante e luminosa.

Agora vamos meditar sobre a mensagem da Tenda do Suor que é a Purificação:

Fogo da Purificação

Vapor das Pedras Sagradas

Cordões de preces e tabaco,

Fundem-se nas canções do espírito.

Sinta-se conectado e em Paz.

Espero que você viva um excelente momento presente.

Gratidão!

Ahow 

Mitakuye Oyasin 

Da’ naho! 

Amém.

Por mim e por todas as minhas relações.

Assim Seja!

Fonte.: Jamie Sans – As Cartas do Caminho Sagrado – A descoberta do Ser através dos Ensinamentos dos Índios Norte-Americanos.