O Shiatsu é uma terapia oriental de reequilíbrio físico e energético. Usualmente é definido como uma “massagem” oriental, mas é muito mais do que isso. Atua através de pressões que são aplicadas em determinadas áreas e pontos do corpo humano, efetuadas, fundamentalmente, pelos polegares, dedos e palmas, sem o uso de qualquer instrumento mecânico ou de outro tipo, corrigindo disfunções internas, promovendo e mantendo a saúde e tratando doenças específicas.

A palavra Shiatsu é japonesa e significa pressão ( “ATSU” ) com os dedos ( “SHI” )

Técnicas:

O Shiatsu utiliza a pressão dos dedos e mãos e técnicas manipulatórias para ajustar a estrutura física do corpo e as energias inatas de modo a evitar enfermidades e manter um bom estado físico e psíquico. Através das manipulações, há uma intensa estimulação energética que irá atuar sobre o sistema nervoso. O Shiatsu provoca no organismo do indivíduo um estado de equilíbrio energético e físico, proporcionando, assim, a cura de certas doenças sem o uso de medicamentos. A pressão aplica-se sobre pontos e meridianos de acupuntura, a fim de restabelecer o fluxo energético e corrigir disfunções internas do organismo.

O Shiatsu é caracterizado por sua grande simplicidade, utilizando técnicas que devolvem o apertar, o tamborilar com os dedos, o pressionar e puxar, de preferência influenciando os músculos e os sistemas circulatórios.

As filosofias de tradição oriental descrevem o mundo com parâmetros energéticos. Todas as coisas são consideradas manifestações da força vital universal chamada Qi pelos japoneses ou Qi pelos chineses. Qi é a substância primária e força motivadora da vida. Geralmente, é traduzida como energia, mas o Qi também é um sinônimo de respiração nas línguas japonesa e chinesa. Na terapia chinesa, a harmonia do Qi no corpo humano é considerada essencial para a saúde. Os caminhos ou linhas por onde passa a energia Qi são chamados meridianos.

Como funciona:

O Shiatsu libera a energia bloqueada no corpo pela massagem ou pressão profunda e com a estimulação do ponto para circular o fluxo de energia quando a está estagnado. Para quem está recebendo a massagem a impressão é que muito pouco está acontecendo, apenas uma pressão leve e relaxada em vários pontos do corpo com a mão e o polegar, um leve toque dos cotovelos ou uma simples rotação de um dos membros. A sessão dura em média cerca de uma hora, e todas as faixas etárias podem se beneficiar com essa terapia, sendo que para alguns casos contra indicada.

Indicações:

  • São inúmeros os benefícios do Shiatsu, alguns deles são:
  • Melhora a circulação do sangue e dos vasos linfáticos.
  • Produz relaxamento e alívio do estresse.
  • Melhora a respiração.
  • Ajuda a manter a saúde e previne doenças.
  • Bom auxiliar no tratamento de problemas respiratórios, digestivos, circulatórios, musculares, cardíacos, neurológicos, renais, distúrbios menstruais, dores de cabeça, lombalgia, cervicalgia, nervo ciático, etc.
  • Retarda o envelhecimento.
  • Pode ser autoaplicado, produzindo relaxamento até mesmo em ambiente de trabalho
  • Melhora a concentração de quem recebe e de quem aplica.

Benefícios:

  • As melhorias produzidas pelo Shiatsu ajudam a elevar o nível de energia do cliente, regulam e fortalecem o funcionamento dos órgãos, fazendo com que haja um maior estímulo das resistências naturais do organismo aos mecanismos desencadeadores das doenças.
  • O corpo armazena emoções, sentimentos e reflete nosso estado emocional. Quando tocamos uma área onde a energia está bloqueada, não só chamamos a atenção do cliente para ela, mas ajudamos o bloqueio a se dissolver.
  • Essa massagem é muito eficiente na eliminação de dores em geral, tensão emocional, ansiedade, medo, depressão, distúrbios digestórios, bloqueios sexuais, ejaculação precoce, frigidez, impotência, pressão alta, pressão baixa etc.
  • Shiatsu é terapia de reequilíbrio físico e energético. Fortalece o sistema imune e, se praticado constantemente, se torna cuidado médico preventivo.
  • A massagem de um modo geral é essencial para o corpo humano. Os gregos, persas e chineses praticavam massagem como uma arte espiritual.
  • Agora, assim como naquela época, a massagem constitui não só uma terapia poderosa para recuperação de tensão e fadiga, como uma ferramenta poderosa de medicina preventiva, mantendo as pessoas saudáveis.
  • A massagem dilata os vasos sanguíneos, melhorando a circulação e aliviando a congestão ao longo do corpo. A massagem age como um “limpador mecânico” da circulação sanguínea, estimulando e acelerando a eliminação de desperdícios e escombros tóxicos.
  • A massagem especialmente aumenta o número de células de sangue vermelhas, em casos de anemia. Ela também pode compensar, em parte, por falta de exercício, a contração muscular em pessoas que por causa de doença ou da idade são forçadas a permanecer inativas.
  • Nestes casos, a massagem ajuda a devolver sangue venoso ao coração e assim facilita a tensão nesteórgão vital.
  • A massagem melhora o tônus muscular e ajuda a prevenir a atrofia muscular, que é o resultado da inatividade forçada. A pessoa não precisa estar doente para desfrutar de um tratamento de Shiatsu.
  • A massagem ajuda a manter a saúde boa e não tem nenhum efeito colateral prejudicial.