Você não pediu para nascer, mas está aqui.

Você tem tanto fraquezas quanto forças.

Você tem as duas porque na vida tudo tem dois lados.

Dentro de você há a vontade de vencer, assim como a disposição para perder. Dentro de você há o coração para sentir compaixão, bem como a pequenez da arrogância. Dentro de você há tanto o caminho para enfrentar a vida, bem como o medo que faz com que você fuja dela.

A vida pode lhe dar força. A força pode vir a partir do enfrentamento das tempestades da vida, a partir do conhecimento da perda, do sentimento de tristeza e de desgosto, da queda nas profundezas do pesar. Você precisa permanecer firme na tempestade. Precisa enfrentar o vento, o frio e a escuridão. Quando a tempestade soprar com intensidade, você precisa permanecer firme, porque ela não está tentando derrubá-lo, mas, na realidade, está tentando ensiná-lo a ser forte.

Ser forte significa dar mais um passo em direção ao topo da montanha, por mais exausto que você possa estar. Significa permitir que as lágrimas rolem, através do pesar. Significa continuar procurando a resposta, apesar da escuridão do desespero estar por toda a parte à nossa volta.

Ser forte significa agarrar-se à esperança de que o coração baterá mais uma vez, de que o sol nascerá ainda uma outra vez. Cada passo, por mais difícil que seja, é um passo que nos aproxima um pouco mais do topo da montanha. Manter a esperança viva a cada novo batimento cardíaco nos leva à luz do próximo nascer do sol e à promessa de um novo dia.

O passo mais fraco em direção ao topo da montanha, em direção ao nascer do sol, em direção à esperança, é mais forte do que a mais violenta das tempestades. Perseverança!

Velho Falcão – Keep Going – Joseph M. Marshall III