Aconteceu alguns anos depois do conselho em Long Meadows, por volta de 1854, quando vários homens partiram para um ataque surpresa, uma vingança. Eles iam rumo ao território inimigo, que ficava a muitos dias na direção sul do Rio Shell (Rio Concha, para os Lakota). O Shell era chamado de North Platte pelos forasteiros. Certamente, milhares de suas carroças viajavam em direção oeste ao longo do rio, seguindo a estrada que eles chamavam de Trilha de Oregon. Nosso povo a chamava de Estrada Sagrada. Mas aqueles homens aprenderam algo mais importante que a vingança.

Os guerreiros chegaram a uma cordilheira que dava para a Estrada Sagrada. Eles queriam se certificar de que não houvesse nenhum forasteiro com suas carroças no vale do rio. Queriam cruzar o Rio Shell sem serem vistos, na medida do possível. Os forasteiros trouxeram doenças terríveis, que dizimaram muitas tribos diferentes nas pradarias. Aconteceu que uma caravana de carroças tinha acabado de passar. Mas, enquanto se preparavam para cruzar o vale do Rio Shell, os guerreiros viram uma carroça sozinha em um bosque de árvores. Eles se aproximaram e viram uma mulher com duas crianças pequenas ao lado do que, obviamente, era uma sepultura recente. A mulher estava chorando.

A maioria dos homens no grupo eram jovens e queriam simplesmente deixar a suas crianças à mercê do destino. Afinal, eles eram forasteiros e sua espécie estava trazendo somente problemas. Os jovens achavam que a mulher e seus filhos mereciam qualquer destino que lhes aguardassem. Mas o líder dos guerreiros era um homem com experiência, e sabia que não haveria nenhuma ameaça proveniente de uma mulher e duas crianças. Ele surpreendeu os outros quando cavalgou até o matagal. Com certeza, a mulher e seus filhos não estavam somente surpresos, mas aterrorizados. Todas as histórias que haviam sido contadas sobre os “selvagens sanguinários” devem ter passado, como um flash, diante de seus olhos ao ver um guerreiro cavalgando em sua direção. Devem ter pensado que iriam morrer em breve.

De alguma maneira, o líder dos guerreiros foi capaz de acalmar a mulher e as crianças, que tinham se arrastado para debaixo da carroça. Quando os outros guerreiros apareceram de repente. Ele fez um chá em sua panela e ofereceu a ela e a seus filhos. Ainda assim o medo era o sentimento que prevalecia. Os forasteiros estavam com medo dos guerreiros, e os guerreiros tinham medo de pegar alguma doença abominável. O líder convenceu um de seus jovens companheiros a cozinhar um pouco de carne fresca, de um animal que tinham matado anteriormente. De modo geral, deve ter sido uma refeição esquisita, com desconfiança em ambos os lados. Mas a noite passou sem incidentes. O líder guerreiro supôs que a mulher provavelmente tivesse ficado viúva recentemente, e tivesse sido deixada para trás por seu povo. Na manhã seguinte, tentou se comunicar com ela através de gestos e por meio de desenhos rudimentares no chão. A mulher respondeu com hesitação. Por meio de sinais de mãos e desenhos, ela deu a impressão de que queria se reunir à caravana de carroças que a tinha abandonado.

Os guerreiros deliberaram. A maioria era a favor de abandoná-la, mas o líder convenceu o grupo a ajudá-la, antes de continuarem sua viagem para o sul. Mesmo assim, dois dos mais jovens se afastaram revoltados, e os outros ficaram. A primeira coisa que os guerreiros fizeram  foi recuperar os bois da mulher, que tinham se desgarrados. Nunca tinham visto criaturas tão lentas, ou tão teimosas, quanto aqueles bois. Entretanto, conseguiram encontrar os quatro animais e a mulher os atrelou à carroça. Depois de realizar o que obviamente de ter sido uma pequena cerimônia no túmulo recente, a mulher colocou seus filhos na carroça e o estranho cortejo começou.

Nunca antes, ou possivelmente desde então, os guerreiros tinham escoltado esse tipo de carroça com seus ocupantes. Uma aliança improvável, se é que existisse alguma. Após dias, avistaram as carroças que tinham abandonado a mulher. Então, os guerreiros pararam e ela continuou. Eles permaneceram em uma montanha até que pudessem ver que a mulher tinha conseguido se juntar novamente a sue povo. Depois disso os guerreiros retomaram a trilha da vingança novamente.

Velho Falcão – Keep Going – Joseph M.Marshall III