A Busca da Visão é um dos instrumentos mais antigos usados pelo povo das tribos ao buscar a sua direção na vida. Sempre orientado por um Xamã, o indivíduo que busca a Visão é enviado a um local remoto para jejuar e orar por três ou quatro dias. O objetivo dessa atividade, que é chamada de “Subida da Colina” pelos Sioux, é que a pessoa obtenha uma compreensão mais ampla de seu papel ou caminho no mundo.

O Grande Mistério permite que as Ajudantes da Medicina Sagrada apareçam em forma de visão frente àquela pessoa que está buscando. O espírito do anima, da árvore, pedra, Lua, estrela ou Ancestral que aparecer, será um Aliado, ou guia, durante a Caminhada deste buscador pela Terra, e passará a proteger o seu Caminho Sagrado dali por diante. Outro aspecto dessa visão envolve um fluir de energias que se revela sob a forma de talentos pessoais. Se esses dons forem usados de forma adequada, podem permitir a obtenção de um potencial de crescimento que acompanhará o discípulo pelo resto da vida. O caminho a ser seguido para desenvolver esses talentos também pode vir a ser revelado durante a Busca da Visão.

As Buscas da Visão constituem um instrumento utilizado por aqueles que procuram novas direções na vida. Toda a vez que alguém Busca o Silêncio de um coração equilibrado, o processo da intuição pode permitir que a verdade superior se manifeste. A verdade constitui oi destino final do caminho de qualquer peregrino. Quando a verdade é descoberta dentro do próprio Ser, já não ha necessidade de procurar mais. Já que nós, os seres Duas-Pernas, estamos aqui para crescer e experimentar a Boa Estrada Vermelha, descobrindo que o caminho muda muitas vezes e pode incluir muitas mudanças de percepção. A Visão criada a partir da verdade representa o desejo do coração de Caminhar em Beleza. Se uma visão for criada a partir da necessidade de controlar os outros ou for criada pelo sentido da ambição, estará baseada em mentiras sobre a ordem natural da Criação. Uma visão do Caminho Sagrado é sempre clara e cristalina.

Todos os aspectos da vida e todos os estados de consciência se tornam acessíveis àqueles que buscam a serenidade do Silêncio. Não é necessário empregar a Busca da Visão caso esse equilíbrio natural já tiver sido alcançado dentro do próprio Ser. O propósito original da Busca da Visão era ajudar o caminhante a encontrar um meio de contatar esse estado de conhecimento interior para que a verdade estivesse presente em cada momento da vida dessa pessoa. Aprender a Parar o Mundo à vontade é um talento que vai manifestar-se através do trabalho sobre os próprios níveis superiores de consciência . E quanto mais uma pessoa uma pessoa se sentir ligada à Mãe Terra e ao Grande Mistério, mais fácil se torna encontrar esse equilíbrio interno.

Não se deve jamais tentar empreender uma Busca de Visão no modo tradicional nativo, sem a orientação de um Xamã bem treinado. No entanto, todas as pessoas vivem uma Busca da Visão diariamente. A chave é estar sempre consciente disso. Saber procurar os sinais e presságios que permitem aos seres humanos tomar decisões adequadas, e então agir de acordo com esses sinais, torna-se uma parte da Busca pela Vida. Durante a jornada física a Boa Estrada Vermelha concede ao peregrino centenas de lições que conduzem ao conhecimento interior. O objetivo é alcançar este Centro de serenidade interna para que o mundo interior se harmonize com o mundo exterior. Quando estes dois mundo se tornarem Um, nós nos transformaremos no Sonho Realizado.

Aplicação:

A Busca da Visão fala de um momento de novas direções ou fortalecimento do caminho atual baseado na verdade pessoal. Muitas vezes, para encontrar esta Verdade é necessário Entrar em Silêncio e eliminar a confusão pessoal. Em busca da Visão.

A Busca da Visão diz que o curso de sua vida precisa ser esclarecido através da Visão. Agora é a hora de pedir ajuda aos seus Guias, e também aos Ancestrais, para a que as decisões tomadas sejam respaldadas pela sua sabedoria e assistência. A chave reside na busca de respostas pessoais. A melhor maneira de encontrar a verdade consiste em confiar plenamente em seus sentimentos, e acompanhá-los pela ação. Para conseguir isto, você deve eliminar a confusão e a dúvida, e depois passar a agir, permitindo que a própria verdade aflore. Não se esqueça que, quando você busca, está pedindo respostas; esteja preparado para aceitar e reconhecer a verdade assim que ela surgir. O reconhecimento e a aceitação sempre preparam o caminho para o autoconhecimento.

Agora vamos meditar sobre a mensagem da Busca da Visão que é Procura / Encontro:

No alto da Montanha Sagrada

Com visão ilimitada

A clareza da paisagem

Chega a nós renovada

O Grande Mistério indica

O propósito da vida.

Nossos Guias poderosos

Iluminan sonhos de Cura.

Espero que você viva um excelente momento presente.

Gratidão!

Ahow 

Mitakuye Oyasin 

Da’ naho! 

Amém.

Por mim e por todas as minhas relações.

Assim Seja!

Fonte.: Jamie Sans – As Cartas do Caminho Sagrado – A descoberta do Ser através dos Ensinamentos dos Índios Norte-Americanos.